Sindaspes fala sobre medidas para o sistema prisional e é destaque em jornal

ter, 15 de jan de 2019 imprimir

Sindicato fala sobre construção e manutenção de unidades e valorização dos Inspetores na imprensa

O artigo do diretor jurídico do Sindicato dos Inspetores do Sistema Penitenciário do Estado (Sindaspes), Wilker Kaiser, foi destaque no Jornal A Gazeta de domingo (13/01), em análise sobre a crise do sistema prisional capixaba. Apesar de os integrantes da entidade estarem sempre expondo os problemas dos presídios no Estado para as autoridades, para os veículos de comunicação e as redes sociais como uma "tragédia anunciada"e sugerindo alternativas para conter o caos, sem serem atendidos, o assunto ganhou visibilidade mesmo após o governador Renato Casagrande classificar as cadeias capixabas como uma "bomba-relógio"e decidir criar uma força-tarefa para resolver os problemas.

Wilker, que, além de Inspetor de carreira, é advogado e diretor da Federação Nacional Sindical dos Servidores Penitenciários (Fenaspen), destacou medidas que considera cruciais para funcionamento do sistema, entre elas o início urgente das obras de dois novos presídios já autorizados, a contratação de empresas para fazer a manutenção dos equipamentos das unidades prisionais já existentes, a realização de concurso público para ampliação do quadro de pessoal, que não acompanhou o crescimento exponencial de detentos nos últimos anos, e a valorização profissional da categoria.

Num trecho do artigo, ele lembrou quem é o pilar que sustenta o sistema prisional: "Quem desarma diariamente essa 'bomba-relógio' são esses profissionais (Inspetores), que sequer foram convidados para discutir o sistema penitenciário, por meio de seus representantes de classe, na comissão criada recentemente pelo governo (na qual participam, além do Executivo Estadual, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública e OAB). E ignorar o servidor, que tem maior expertise na área,  não é o caminho, pois ele é justamente o conhecedor dos problemas e quem pode contribuir para soluções mais efetivas".

Wilker e o presidente do Sindaspes, Sostenes Araujo, afirmam que o trabalho para conseguir a valorização financeira e profissional que os Inspetores merecem continua com empenho desmedido, agora diante de um novo Governo. "Um profissional bem remunerado, com ideias e projetos valorizados e reconhecidos, atuando com número de servidores necessários para o bom andamento do trabalho, sem sobrecarga, sem ter de ferir a legislação para executar as tarefas do dia a dia, com certeza gera muito mais resultados. Se os números de escoltas e atendimentos realizados hoje, sem condições de trabalho, já é melhor que em outros estados, imagine trabalhando com condições", analisou Araujo.

O diretor financeiro do Sindaspes, Rhuan Karllo Alves Fernandes, mesmo dois meses antes de assumir oficialmente a presidência, já se posicionou na imprensa como porta-voz dos Inspetores. Ele concedeu entrevista sobre o tema à TV Vitória, na qual também falou das dificuldades do sistema prisional e dos profissionais que nele atuam.

"Somente em 2008, começaram efetivamente os investimentos no sistema, a construção de novos presídios e ampliação do quadro de pessoal, no entanto, naquela época dispúnhamos de menos de 10 mil encarcerados. Hoje, quase 11 anos depois, o número de presos mais que dobrou e o de Inspetores não acompanhou esse crescimento desenfreado e nem as condições de trabalho foram melhoradas para minimizar os desgastes. Mas isso não foi motivo para fazer com que os Inspetores, em sua maioria, abandonasse suas atividades, pelo contrário, foi com seu empenho desmedido, projetos idealizados por muitos deles, que o sistema prisional capixaba se tornou modelo, conforme reconhecimento recente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ", finalizou Rhuan.

Araujo falou sobre o que espera para a próxima gestão. "Em menos de dois meses, o Rhuan assume a presidência, dando continuidade ao trabalho de defesa e conquistas da categoria, repetindo ações que deram certo e com ideias para melhorar aquilo que não gerou resultados satisfatórios. Espero que todo esse apoio que atual diretoria conquistou nos últimos três anos seja herdado pela próxima gestão e que se multiplique, afinal negociar com órgãos e com o Estado é sempre um trabalho longevo e desgastante e é preciso que a categoria esteja junto, fazendo coro aos interesses coletivos, seja na espera ou no alcance dos resultados", desejou Araujo.

O presidente aproveitou para parabenizar e agradecer aos mais de 3 mil Inspetores Penitenciários pelo trabalho que têm conseguido desenvolver em suas respectivas unidades prisionais e pelo engajamento que têm demonstrado junto ao Sindicato, participando das assembleias, dando sugestões de melhorias, tecendo críticas construtivas e apoiando sua entidade representativa de classe.

CLIQUE AQUI E VEJA O ARTIGO NA ÍNTEGRA

Assessoria de Comunicação do Sindaspes
Kamila Rodrigues
Tel.: (27) 99809-6376

Diretor de Comunicação e Assistência Social do Sindaspes
Jonathan Furlani
Tel.: (27) 99667-8563
comunicacao@sindaspes.com.br
 

NOVO SINDASPES, COMPROMISSO E ÉTICA NA LUTA PELA CATEGORIA!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS