Nota de repúdio e indignação

seg, 25 de fev de 2019 imprimir

Nota de repúdio

O sindicato dos Inspetores do sistema penitenciário do Espírito Santo - Sindaspes repudia com veemência as insinuações levianas, irresponsáveis e desrespeitosas da advogada, Daiane Maria Lopes da Silva - OAB 24770, que através de um post publicado por ela no Facebook, insinua que os Inspetores Penitenciários poderiam estar servindo de interlocutores entre presos e criminosos em liberdade.

O fato ocorreu após uma polêmica entrevista do Secretário da Justiça, Sr. Luiz Carlos de Carvalho Cruz, no último de 22. Na oportunidade, o mesmo afirma que advogados e familiares dos detentos poderiam estar fazendo essa intermediação. A declaração gerou indignação entre os profissionais do direito que resultou em uma nota de repúdio emitida pela OAB/ES e a devida retratação pública do Secretário.

A citada advogada chega ao cúmulo de afirmar que “Tendo em vista o salário de fome que recebem, seria mais provável o servidor se corromper em vez dos advogados.”

"Realmente os nossos salários estão abaixo do que merece a categoria, mas, isso não nos torna pessoas irresponsáveis e inescrupulosas ao ponto de colocar em risco a paz social.

Pela ótica da advogada, todo trabalhador brasileiro que ganha um pequeno salário seria um criminoso em potencial. Quando na verdade, não é o salário que determina o comportamento ético de qualquer profissional, e sim, o seu caráter e seus valores morais.  Haja vista todos os escândalos que ocorreram neste país nos últimos anos, onde os maiores criminosos, eram justamente as pessoas com os maiores salários e os cargos mais importantes da nação.

Sempre tivemos uma relação de cordialidade e respeito com todos os advogados, mas não vamos admitir que a nossa sofrida categoria seja envolvida em comentários infelizes, suposições maldosas e preconceituosas de quem quer que seja.

Queremos e exigimos respeito, estamos cumprindo a nossa missão, com todas as dificuldades que nos são impostas, com a certeza que a nossa honra, caráter e ética no exercício da função, são valores inegociáveis para a nossa categoria", afirmou o presidente do sindaspes, Sostenes Araujo.

Para finalizar, informamos aos nossos companheiros, que o departamento jurídico deste sindicato está tomando as providências necessárias que o fato requer.
 
Diretor de Comunicação e Assistência Social do Sindaspes
Jonathan Furlani
Tel.: (27) 99667-8563
comunicacao@sindaspes.com.br
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS